Museu da CBF – impressões da mãe de um menino

Thiago ficou sabendo, nos pediu e hoje fomos passar a tarde de domingo no Museu da CBF, que fica na Barra da Tijuca, na sede da CBF, que fica situada à Av. Luiz Carlos Prestes, ali do ladinho do Hospital Municipal Lourenço Jorge. 

Achei que o maior problema é chegar. Se você for de ônibus, vai ter que andar muito. Se você for de carro, não tem onde estacionar. E tudo isso sem uma placa… é porque eu conhecia a rua, caso contrário, acho que não chegaria com facilidade. 
A questão do estacionamento, me impressionou. A CBF tem estacionamento e a rua é proibido estacionar. Não tem local, a não ser fazendo uma bandalha em cima da calçada do Hospital, bandalha comum feita por todo mundo que vai ao visitar algum doente, e daí você já pode perceber que mesmo sendo bandalha não é fácil de fazer, Se você for ser um cidadão 100%, vai ter como opção estacionar no Barra Shopping e ter que andar um pouco mais de 1 km até chegar a sede da CBF. É meio óbvio que aconteceu algum problema nessa negociação entre o Museu e a CBF, pois a não existe uma entrada de pedestre e por não ter “expediente administrativo” os portões ficam fechados. Por falta de vaga, demos uma volta de cerca de 2,5 km, mas eu te juro que quase fui embora para casa, pois como todos os portões que existem (de carro) estavam fechados, achei que o Museu também estavam…. Fica a dica pro Museu, sem estacionamento na Barra, e sem placas indicativas do caminho, fica difícil, muito difícil.

Compramos os ingressos, que sim não são baratos, mas vamos combinar que se você paga o ingresso pra assistir o Brasileirão, vai poder pagar sem chorar o ingresso. R$ 24,00 adulto / R$ 12,00 meia (a partir dos 7 anos e estudantes), e crianças abaixo de 7 anos são gratuitas.

 

Thiago nas escadarias...

Thiago nas escadarias…

Acho que o pessoal precisa de um treinamento melhor. Me disseram que não poderia tirar foto após entrar na exposição e fui tirar uma foto ANTES, no lobby, e tomei uma chamada deselegante (tá, ela foi educada, eu que não gosto de ser chamada à atenção por fazer exatamente o que me mandaram). Tirei 3 fotos, a da escada da entrada, em que os degraus tem os 27 estados brasileiros (e que passaram uma barra bem em cima de alguns), a que me disseram que não podia (e que que não vou publicar) e uma na saída. Outra dica é que em nenhum lugar do mundo as fotos impedem o interessado em visitar a exposição, não tiraria foto de tudo, é claro, mas o Thi ficou doido pra tirar uma foto com as 5 taças… enfim…

10494587_10152618197848249_9024505865897636594_n

O Museu é bom, mais interativo e menos histórico do que eu imagino um museu, mas os tempos estão mudando, deve ser apenas minha velhice reclamando… hahaha… Em especial vai a menção com o painel com o nome de todos que já vestiram a camisa da Seleção de Masculina que eu achei lindo demais, e a última parte interativa, com a imersão em 360ºC… amei

Os pontos negativos foram pro estacionamento/como chegar e pelo fato de só ter visto uma menção a Seleção Feminina de Futebol, na sala dos Troféus. Nem uma menção a Marta… achei bem caído. Mas acho que a culpa não é só da CBF, afinal elas foram campeãs Sulamericanos esse ano e acho que pouca gente deve saber.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.