Festa do Dia das Mães

Sábado foi a "festinha" de Dia das Mães da creche do Thiago. Coloquei festinha entre aspas porque foi uma senhora festa, elaborada e executada ensando nas mães. 🙂
A festa foi dividida em duas partes. Chegamos às 10:30, com as crianças e enqunto o buffet servia água, suco, refrigerante, mate e lanchinhos pra criançada, as mães convesavam um pouco e iam se enturmando.
Assim como na época de escola, fomos nos agrupando por turmas e eu fiquei sentada com as outras mães do Maternal I.
Ás 11:20 teve a apresentação da turminha, que foi um fiasco. Nenhuma criança quis sair do colo das mães. Mas tudo bem, Thiago cantou no meu colo, que me amava cada dia mais, e eu chorei, portanto valeu a apresentação. 😛
Ao 12:30 os pais (avós, etc) foram buscar as crianças e aí que a festa começou. Tinha chopp, pró-seco, música ao vivo e muita mãe soltando as suas feras no pátio da escola. Foi sensacional. Dançamos, cantamos e rimos bastante.
Só tenho que agradecer a D. Rosário pela festa. Valeu, meninas, foi nota 10 a festa!

Virada de página

Há uns onze meses achei que era a hora de tomar uma atitude e comecei a procurar emprego.
Depois de procurar muito e não achar quase nada, uma amiga soube da minha procura e me indicou pra trabalhar aqui.
Era pra trabalhar com planilhas, atender clientes e trabalhar com um senhor idoso. Pesei os prós e os contras, e como o horário era bem tranquilo, aceitei a proposta, que me foi feita no dia do aniversário da minha mãe. Comecei a trabalhar aqui no dia 24/08, sem tempo nem pra adaptar o Thiago na creche com calma. Aliás, nem eu tinha me adaptado a novidade ainda. Todo dia ele entrava alegre e eu vinha pro trabalho chorando, de saudades do meu filho.
O tempo foi passando e eu fui descobrindo o chefe que eu tinha. Um senhor ativo, pros 84 anos, que passa email e mexe no computador tanto quanto muita gente boa por aí, com 1/3 da idade dele, animado, divertido, boa gente, caridoso… e que ninguém aguenta quando está de mau humor.

Fui ficando, conhecendo a rotina e o meu lugar.
Aprendendo coisas novas e relembrando de outras.

Mas a vida da gente tem momentos onde a gente precisa decidir e mudar.
E eu resolvi mudar.
E hoje é o meu último dia aqui.
Confesso que vou sentir falta do lugar, dos cachorros e das pessoas.
Muito das pessoas. Sou assim, meio coração mole.
Escrevo esse post com lágrimas nos olhos.

Foi uma boa fase da minha vida. Mas agora é hora de outra.
Vou sofrer um pouco ainda, até me acostumar, mas a longo prazo espero ter feito a escolha certa.

🙂

Receita de Bolo de Pão-de-Ló, para confeitar:

Vamos lá, aqui vai uma receitinha básica de pão de ló de festa, para rechear, que fica uma delícia:

Bolo de Pão de Ló para confeitar

Ingredientes:

6 ovos

3 xícaras de farinha de trigo

3 xícaras de açúcar

200 ml de leite integral

1 tablete de margarina

1 colher de sopa de fermento

Como fazer:

Bata as claras em neve e depois misture as gemas, uma a uma, sem parar de bater.

Acrescente o açúcar aos poucos e depois a farinha de trigo, misturada com o fermento. Reserve.

Ferva o leite e derreta a margarina no leite.

Misture aos poucos na massa e asse em um tabuleiro untado e polvilhado em forno médio.

Depois da massa esfriar,  corte o bolo para rechear e umideça com seu sabor predileto, pode ser um chá de frutas ou baunilha mesmo. Para rechear ecomendo doce-de-leite, nutella ou baba-de-moça. Depois de montar é só confeitar. Se você não tem muita prática com confeitaria, uma boa pedida é sempre marshmallow com confetti, não dá trabalho e fica bem bonitinho. A foto abaixo é do bolo da festa do Thiago na escola. Estava uma delícia 🙂

Bolo com marshmallow

Bom apetite! 🙂

Consulta de 2 anos e 3 meses

Segunda-feira foi a consulta do Thiago, na pediatra dele, que a gente adora! Confesso que fiquei um pouco frustrada pois ele não anda comendo bem há algum tempo e na consulta em dezembro ele tinha estabilizado no peso, na de fevereiro havia perdido 1 kg e agora, depois de 3 meses, não ganhou peso algum. :(((
A médica passou vitaminas Puravit A/D/E e Myrafer, como complemento porque ele não está comendo bem, e ela advertiu que vamos ficar de olho caso ele continue sem comer e sem ganhar ou perdendo peso, vai tomar um remédio pra abrir o apetite, mas que ela não gosta de passar remédio pra abrir o apetite e eu confesso que também não gostei nem um pouco da idéia.

Agora a novidade da vez foi que ela mandou a gente procurar um ortopedista pois o Thiago está com o joelho valgo, ou seja, em X. Os joelhos são muito juntinhos e os pés ficam separados. Daí ela me falou pra ir no ortopedista e eu, burra, fui pra internet. Vi estudos sobre engessar a perna da criança até uns aparelhos iguais ao do Forrest Gump, fiquei preocupada e triste pelo meu filhote.
Vou levá-lo no ortopedista hoje a noite, o cara é mega recomendado mas não atende com hora marcada é chegar e esperar. Vamos ver que horas eu consigo sair do consultório hoje.

Ele está com 91 cm e 12 Kg. 🙂

E está mega esperto. Reconhece os número de 1 a 13, reconhece as letras P (de papai), M (de mamãe), T (de Thiago), D (de Dinda) e V (de vovó) e canta todas as músicas do DVD da A Galinha Pintadinha.
Ontem quando fui colocá-lo na cama ele cantou pra dormir. Muito fofo mesmo 🙂

Depois mando notícias do ortopedista!