Um biscoitinho, que maravilha!

Finalmente entrei na quarta semana.
Finalmente!

Hoje pude tomar um café-da-manhã mais digno de uma gordinha, mesmo que seja no caminho de ser uma ex-gordinha. 🙂
Um cream cracker light e 80ml de leite com essência de baunilha. Não se enganem, foi um banquete! O biscoitinho estava fresquinho, o leite na temperatura certa, e agora estou me sentindo como se tivesse comido um boi! 😉

Mas sinceramente, isso não foi o ponto alto do dia. O ponto alto foi conseguir fechar meu par de jeans, sem esforço. Ele é imenso, parece uma tenda (hehehe, vai mudar, eu sei) e desde do ano passado nem pensava em fechar. Agora ele fechou tão bem que nem espremeu a banha da barriga!

Mais uma vitória! \o/

E no almoço, comida de Rainha: carninha moída, purê de batata, purê de abóbora e caldo de feijão! 😉

Finalmente

A dieta líquida acabou.
Meu par de jeans entrou, e fechou sem sacrifício.
Minhas dores nos joelhos, desapareceram.
E finalmente, hoje, eu vou passear.
Vamos passar o dia na casa dos meus pais 🙂

Cream Cracker

Amanhã, depois de 21 dias sem mastigar, apenas na dieta líquida, eu vou poder comer 1 biscoito cream cracker light de café da manhã! YAY! \o/

E quando eu iria imaginar na minha cabeça de gorda que isso me faria feliz?! =)
Ainda bem que as coisas mudam! 😉
Portanto, dá licença que eu vou dormir, pra chegar logo amanhã 😛

Uma nova vida

Oi pessoal,
Eu sou a Teca, mãe do Thiago, esposa do João. Tenho 36 anos e descobri que eu era sempre alguma coisa de alguém e assim, cada vez mais me tornava dependente dos outros e enquanto isso minha saúde e vida iam ficando em segundo lugar.

Depois do nascimento do meu filho, meu corpo entrou em colapso. Regimes não adiantaram, as dores eram constantes, nos joelhos e pernas e o pior, minha pressão ficou descontrolada. Foi nessa confusão que encontrei uma amiga que havia feito a gastroplastia, e conversei com ela e resolvi pesquisar o assunto.

Foi assim que eu cheguei ao consutório do Dr. Luiz Alfredo D’Almeira Vieira, quem eu considero agora, o meu salvador.

O pré-operatório foi demorado mas foi no tempo certo pra gente saber o que vai acontecer.

Fazem 22 dias que operei. Fiz a redução de estômago por by-pass em ROUX,  ou seja, dei umas grampeadas.
Ainda estou na fase líquida, mas por incrível que pareça estou feliz.
Nunca achei que ficaria feliz sem comida na boca, mas é possível.

Sei  que o meu caminho ainda está começando e que vou passar por várias coisas, mas foi pensando nisso que eu resolvi dividir, com quem quiser ler, cada etada desse caminho, a partir de hoje.

Espero conseguir!