E a vida…

A vida é coisa estranha, dá umas voltas engraçadas.
Hoje conversando com o pessoal no Recreio, fiquei mais convencida disso do que nunca.
Mas é aquela coisa, o tempo passa, o tempo voa, e de repente você olha em volta e vê que nem tudo está como era antes.

Fiquei triste. Hoje foi aniversário da AnaLu e pela primeira vez em anos, não consegui falar com ela. O celular caía na caixa postal e não achei o telefone novo dela. Quem mandou eu ser burrona e não anotar direitinho …

A casa da Yuri ficou lindona, e ela me deu uma bolsa fofa de presente.
Open House, cerveja, conversa, entre outras coisas, fizeram dessa noite uma noite divertida e interessante.