Parecia que ia melhorar …

mas não melhorou…

Hoje, antes do almoço ligou o irmão do João. O pai da esposa de um grande amigo deles havia falecido essa noite.
Ela perdeu a mãe não tem nem dois anos.
Agora, perdeu o pai.
Fomos pro Cajú, novamente, dar um abraço, porque nessas horas é a única coisa que vale é saber que você não está sozinho no mundo. Na hora que eu cheguei ela falou pra mim, enquanto me abraçava: “Eu agora sou órfã” e chorava.

E o dia chuvoso nem ajuda …
Na capela do lado, uma das meninas que morreu na madrugada de ontem no acidente de Lagoa. Tinha 17 anos. Ninguém espera morrer com 17 anos. Ninguém esperar perder um filho que tenha 17 anos. Ninguém deseja perder um pai, uma avó ou quem quer que seja.

Coisa injusta esta. A gente sabe que é assim. Não tem jeito, dessa você não vai ter como escapar e nem ninguém que você conheça.
Mas abre um buraco na alma de quem fica. Ontem chorei pela D. Irene, uma velhinha doce, que deixou um buraquinho na minha alma. Hoje eu choro pela Ana, esposa do amigo do Joao, que mora há umas 3 quadras daqui de casa e que agora tem um rombo no coração que ninguém vai tapar. Perder o pai e a mãe. Mais nova do que eu. Simplesmente não me parece justo.

E amanhã eu melhoro.

9 comentários sobre “Parecia que ia melhorar …

  1. Teca, não tem o que dizer numa hora dessas… esse ano tá sendo um ano muito difícil mesmo. Não lembro direito o que uma amiga da Frini, Mari falou, mas foi no finalzinho do ano passado, que esse ano seria um ano de muitas perdas, algo assim, de limpeza. Vc deve saber a perda que nós tivemos no começo desse ano e que foi um baque muito forte pra gente, acho que até agora não me conformei. Não consigo pensar ainda em tudo que houve… mas o tempo passa e vc vai vivendo, vai se divertindo mesmo sem querer e assim todos seguimos com a nossa vida. O que posso te dizer é que é difícil sim pensar nessas coisas, então não pense, só reze pra que essas pessoas encontrem os seus caminhos.
    Estamos aqui se vc precisar, tá? Beijinhos

      • Os irmãos éram amigos do Hugo, meu “cunhado”.

        Esse ano, e qualquer ano em que perdemos pessoas que amamos é foda.

        Você se sente impotente diante de uma situação dessas porque é a mais pura verdade. Não temos nada o que fazer além de rezar e aprender a continuar.

        é realmente foda … pra quem fica.

        *abraça*

      • é realmente foda … pra quem fica.

        Pelo menos a gente tem o conforto que quem foi está melhor do que a gente, não é? 🙂

        Obrigada pelo carinho, Frini 🙂

  2. A gente nunca aceita bem a morte. Ela é inevitável mas quando chega é sempre difícil.

    Naquele grupo que morreu na Lagoa tinha uma amiga da filha de uma amiga do meu pai.

    Grande abraço.

  3. Teca, nem sei bem o que dizer…. acho que todo mundo já disse tudo!
    Se precisar estamos aqui…
    Essa tristeza que vc tá sentindo é uma das piores do mundo… muito ruim a sensação de impotência…. eu entendo…
    Nunca vi tanta gente morrer num ano só…. tá meio complexo!!
    Força aí!!
    Beijinhos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.