Do poetinha pra vocês:

“Meu sonho (o mais caro)

Seria, sem tema

Fazer um poema

Como um dia claro.

E vê-lo, fantástico

No papel pautado

Ser parte e teclado

Poético e plástico.

Com rima ou sem rima

Livre ou metrificado

-Contanto que exprima

O impropositado.

E que ( o impossível

Talvez desejado)

Não fosse passível

Do ser declamado.

Mas que o sonho fique

Na paz sine-die

Ça c`est la musique

Avant la poésie. “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.